Apesar da goleada, Josué cita apagão e cobra de ER e Flamel

Remo venceu o Atlético Acreano por 4 a 0 e se classificou à segunda fase da Copa Verde


Por: Redação ORM News Em 16 de março, 2017 - 23h37 - Copa Verde

Foto: Tarso Sarraf / O Liberal

A vitória por 4 a 0 sobre o Atlético Acreano pode ter empolgado a torcida, mas não foi o suficiente para arrancar muitos elogios do técnico Josué Teixeira. Apesar da classificação, o comandante citou o que considerou um 'apagão' de cerca de 10 minutos e cobrou melhoras, inclusive, da dupla formada por Eduardo Ramos e Flamel.

'A gente começou o jogo bem, mas deu um apagão. Erramos bolas desnecessárias e levamos sustos que podíamos ter evitado. Variamos por uns dez minutos, mas depois conseguimos um encaixe melhor. No segundo tempo, jogamos melhor e os gols saíram, mas erramos muitas bolas de contra ataque. Temos que corrigir!', relatou.

Leia mais: Remo atropela Atlético Acreano e se classifica na Copa Verde

Perguntado especificamente sobre a dupla Eduardo Ramos e Flamel, Teixeira foi categórico: 'Foi legal, mas poderia ser melhor. Temos que trabalhar melhor esse sistema, principalmente por causa do Re-Pa. Os dois são titulares e vamos ajustando os detalhes', adiantou.

O Remo não terá tempo para descansr. O time volta a treinar na tarde desta sexta-feira (17), concentra no dia seguinte e, no domingo (19), enfrentará o São Raimundo, novamente no Mangueirão, pelo campeonato paraense. 'Não uso falta de tempo como bengala. Não tem outro jeito! Vamos trabalhar para esse jogo, porque vamos enfrentar mais um belo trabalho do Lecheva. Se tivermos de ganhar um jogo sofrido, vamos ganhar. Já estamos acostumados a isso!', destacou.