Após 12 horas de viagem, São Raimundo chega a Joinville

Pantera enfrentará o JEC pela segunda fase da Copa do Brasil, às 19h30 desta quarta-feira (1º), na Arena Joinville, em Santa Catarina


Por: Redação ORM News Em 28 de fevereiro, 2017 - 18h06 - Copa do Brasil

Na segunda fase da Copa do Brasil, a delegação do São Raimundo só enfrentará o Joinville às 19h30 desta quarta-feira (1º), mas encarou, nesta terça-feira (28), seu primeiro grande obstáculo: a viagem. O Pantera deixou Santarém às 3h20 rumo a Belém, de onde voou até São Paulo e desceu em Guarulhos. Em seguida, embarcou para Curitiba (PR) e teve de seguir de ônibus por 131 quilômetros até Joinville (SC).

Foto: Ascom / São Raimundo

O desgaste da viagem provocou, inclusive, o cancelamento do treino que estava previsto para hoje na cidade catarinense. 'Não tem como treinar. Todo mundo está muito cansado. Tivemos que liberar os jogadores para esse repouso. Foi uma viagem bem cansativa', falou o treinador do Mundico, Lecheva.

Diante do cansaço, o comandante alvinegro revelou que não tem comentado sobre as dificuldades da viagem com os atletas. 'Estamos evitando fazer isso para não trazer fluido negativo para dentro do grupo. Estamos focando mesmo na visibilidade que a competição dá ao atleta e ao clube. Esse prestígio é muito importante. Além disso, se passarmos para a terceira fase, o São Raimundo receberá uma cota que representa umas seis folhas de pagamento', declarou. Quem passar à terceira fase da Copa do Brasil receberá R$ 680 mil.

Para conquistar tal classificação, Lecheva terá de resolver problemas em duas posições: o zagueiro Wanderlan e o volante Rodrigo Victor não treinaram em Santarém. 'Os dois estão com problemas musculares. Vamos aguardar para saber como vão amanhecer. Se eles não puderem jogar, tenho o Lucas Barboza, que joga nas duas posições, além do Douglas (vindo da base da Desportiva) para a zaga e do Anderson (natural de Santarém) para o meio.'