Após caso envolvendo José Mayer, Luana Piovani detona o ex

Atriz relembrou casos famosos de assédio e violência sexual em seu canal no Youtube


Por: O Globo Em 09 de abril, 2017 - 12h12 - Celebridades

Em fala sobre a violência contra a mulher e o machismo, Luana Piovani detonou Kadu Moliterno ao relembrar que o ator virou manchete há dez anos quando foi acusado de agressão pela ex-mulher e mãe de seus filhos, Ingrid Saldanha. Em 2014, sua ex-namorada, a atriz e modelo Brisa Ramos também foi a público denunciar que foi vítima do ator. Ele se disse chantageado.

Assista ao vídeo:

"Kadu Moliterno, que já foi meu par, bateu na esposa, ela foi capa da revista "Veja" com a manchete: "Não foi a primeira vez" e não soube de condenação. Continua trabalhando, fazendo novelas, posando com as novas namoradas para as revistas de celebridades", criticou Piovani em seu canal no Youtube.

O assunto surgiu depois de Luana comentar a denúncia da figurinista Susllem Meneguzzi Tonani, que acusou o ator José Mayer de assédio sexual dentro da Globo.

"Não é o primeiro assédio e com certeza não será o último. O que acho genial é que ela rompeu o silêncio, falou. O que mais existe é assédio em ambiente de trabalho, em ambiente de subalterno", constatou Luana, que usou um tom ponderado ao comentar a atitude de Mayer. Às vezes a gente elege um judas para bater em praça pública. Por que estou falando isso? Porque as pessoas que cometem erros, assim como eu, aprendem".

Luana citou ainda Garrincha e Dado Dolabella para opinar que a própria sociedade compactua com esta realidade. " Garrincha enchia a Elza Soares de porrada e é lembrado como herói no Brasil... Dado Dolabella ganhou R$ 2 milhões num reality 6 meses depois de bater na minha cara em votação popular".