Após ouro, Neymar renuncia ao posto de capitão do Brasil

Atacante valoriza satisfação por usar a braçadeira, mas não quer mais esta função


Por: Globoesporte.com Em 21 de agosto, 2016 - 09h56 - Olimpíadas

Após a Copa do Mundo de 2014, Neymar foi eleito o novo capitão da seleção brasileira por Dunga, técnico que havia assumido o posto. Agora com Tite no comando técnico do Brasil, existia a possibilidade do atacante continuar no posto. No entanto, após a medalha de ouro na Rio 2016, o camisa 10 garantiu que não quer mais a braçadeira. O jogador, inclusive desabafou após a conquista na competição com frase famosa de Zagallo.

Foto: Reuters

Em entrevista ao SporTV, Neymar valorizou a honra de poder usar a tarja de capitão da seleção brasileira, mas mandou um recado para Tite para ele procurar outro para ficar com esta vaga.

- Eu não carrego peso, são vocês que colocam isso em mim. Hoje eu consagrado campeão entrego a faixa de capitão, foi uma coisa que recebi, honrei com carinho. Foi uma honra de ser capitão, mas a partir de hoje deixo de se capitão. Até mando mensagem para o Tite que a partir de agora ele pode procurar um outro capitão - garantiu o atacante do Barcelona.

Na carreira, Neymar já foi campeão do mundo e da Liga dos Campeões, pelo Barcelona e da Libertadores, pelo Santos. Na seleção brasileira, já conquistou a Copa das Confederações. Após tantas taças, o jogador foi perguntado se esse ouro era o mais importante. 

- Não gosto de colocar um título acima do outro. Todo campeonato que disputo e venço são importantes. Claro que tinha uma importância maior para o Brasil e graças a Deus conseguimos. Depois de muita luta, trabalho e concentração. Agradeço aos familiares, amigos e companheiros. Nada se vence sozinho - finalizou o jogador.

Tite anuncia sua primeira convocação para a Seleção na segunda-feira. A equipe pentacampeã do mundo enfrenta o Equador e a Colômbia, nas próximas duas rodadas das eliminatórias.