Área abandonada vira abrigo para moradores de rua

Vizinhança convive com mal cheiro e insegurança


Por: Redação ORM News Em 11 de janeiro, 2017 - 13h40 - Belém

Moradores da Passagem Rita Bezera, na avenida Wandenkolk, vêm enfrentando problemas desde meados de setembro, quando o ponto comercial na esquina na vila ficou disponível para aluguel. Segundo o instrutor de informática Sandro Carvalho, morador da área há 30 anos, a vizinhança tem que conviver com o mal cheiro do banheiro improvisado por moradores de rua que estão usando os depósitos usados anteriormente para o gás e lixo. "Nenhum morador recebe ninguém na porta de casa. Nenhuma janela fica aberta porque é impossível conviver com cheiro", reclama. Sandro Carvalho também declara que a situação já aconteceu anteriormente, mas houve uma intervenção policial e o problema foi resolvido momentaneamente. 

Segundo o locatário do ponto comercial, que não quis ser identificado, a situação é comum em outros prédios da área e é necessária uma atitude dos órgãos públicos. O corretor revela também que o local já sofreu com casos de roubos de fiação elétrica outras vezes, em que foi feito um boletim de ocorrência. "Infelizmente não temos como intervir. O que a gente pode fazer com o morador de rua? Isso não cabe à iniciativa privada, mas sim ao poder público", afirma.

Em nota, a Fundação Papa João XXIII (Funpapa) informa que irá encaminhar uma quipe de abordagem, nesta quarta-feira, 11, até o local. O órgão esclarece que aqueles que aceitam a assistência da fundação, são encaminhados para atendimento específico na rede socioassistencial do município, em unidades como Centro POP e CAMAR, referência em atendimento especializado à população adulta em situação de rua.