Mais Acessadas

Brasil massacra Argentina e assume a liderança no fut de 7

Com gols de Zeca (dois), Maycon (dois), Evandro, Wanderson, Wesley, seleção faz 7 a 0 nos hermanos e chega a seis pontos em duas partidas


Por: Globoesporte.com Em 10 de agosto, 2015 - 13h02 - Pan-Americano

Foi um massacre. No duelo entre as duas equipes de mais tradição nas Américas no futebol de 7, o Brasil não tomou conhecimento da Argentina e impôs uma sonora goleada de 7 a 0 sobre os hermanos nesta segunda-feira, pela terceira rodada da fase de classificação do Parapan de Toronto. Os gols foram marcados por Zeca (dois), Maycon (dois), Evandro, Wanderson e Wesley. Com seis pontos em dois jogos, a seleção brasileira assumiu a liderança do turno, com a mesma pontuação da Argentina, que tem saldo de gols inferior e uma partida a mais. Na próxima rodada, quarta-feira, jogam Argentina x Estados Unidos e Canadá x Brasil. Classificam-se para a final os dois melhores colocados dentre as cinco equipes que participam da primeira fase. O futebol de 7 é disputado por atletas com deficiência física oriunda de paralisia cerebral.

Maycon e Wanderson vibram com um dos gols do Brasil sobre a Argentina (Foto: Gustavo Carvalho/Andef)

- Essa vitória foi muito importante. Estamos numa crescente na competição e se tratando de Brasil x Argentina é maravilhoso sair de campo vitorioso. Ganhando de 7 a 0 então, é melhor ainda. Algumas pessoas tentam amenizar a nossa rivalidade com eles no futebol de 7, mas eu, particularmente, não penso assim e quero sempre ir para cima da Argentina - afirmou Wanderson, conhecido também como Robinho pelo gosto pelaspedaladas.

O Brasil começou melhor, e, logo no primeiro minuto, Wanderson finalizou da entrada da área colocando o goleiro Gustavo Nahuelquin para trabalhar.  Aos três, Fernandes arriscou de longe e o defensor argentino Ezequiel Jaime salvou de cabeça quase em cima da linha. O primeiro gol brasileiro estava maduro e ele saiu aos seis minutos, quando Wanderson serviu Zeca na área, e o veterano pivô só teve o trabalho de empurrar para a rede. 

Em desvantagem, a Argentina passou a sair mais para o jogo, cedendo espaços preciosos aos brasileiros. Aos 12, Wanderson fez bela jogada individual, driblou o goleiro e cruzou para Zeca marcar pela segunda vez na partida. O Brasil não demorou a fazer o terceiro. Aos 15, Evandro aproveitou sobra de bola na área e mandou de letra para o fundo do barbante. Estava fácil. O quarto gol brasileiro saiu a quatro minutos do intervalo, com Maycon. Ainda deu tempo para o mesmo Maycon anotar mais um antes do fim do primeiro tempo, graças a mais uma assistência de Wanderson: 5 a 0, placar da etapa. 

O massacre continuou no segundo tempo. Aos sete minutos, Wanderson finalmente fez o seu, aproveitando jogada em velocidade do ataque brasileiro. Pouco depois, Wesley tabelou com Fernandes e marcou o sétimo do Brasil. Mesmo com a larga vantagem, o Brasil seguiu criando chances. Aos 10, Maycon teve a oportunidade de marcar mais um, mas a conclusão foi para fora. 

Quatro minutos depois, Jan foi lançado na área e desviou de cabeça. Atento, Gustavo saiu da meta para fazer a defesa. Sem esperanças de reação, a Argentina tratou de se fechar nos minutos finais evitando um placar maior. Já poupando esforços visando a continuidade da competição, o Brasil tratou de tocar a bola até o apito final.