Briatore: 'Bernie não foi bem tratado pelos chefes da F1'

Flávio Briatore afirmou que a Liberty Media tem esquecido de Ecclestone


Por: Lance!Net Em 09 de março, 2017 - 15h33 - Velocidade

Foto: Divulgação

Flavio Briatore disse que os novos proprietários de Fórmula 1, a Liberty Media, trataram mal Bernie Ecclestone.

Como parte da aquisição da categoria, Ecclestone foi removido de sua posição como chefe da F1 e substituído por Chase Carey, Ross Brawn e Sean Bratches como parte de uma nova infraestrutura.

E Briatore se sentiu motivado a dar a Ecclestone uma despedida apropriada após ser abandonado tão rapidamente pelos novos proprietários.

“Eu organizei um ‘jantar surpresa’ em Londres para os 40 anos na Fórmula 1 de Bernie Ecclestone”, disse Briatore.

“O incrível é que todas as pessoas que eu convidei estavam presentes. Normalmente, quando convidamos 100 pessoas, 60 pessoas confirmam que podem participar, porque estamos falando de pessoas que estão muito ocupadas – ou que vivem a milhares de quilômetros de distância”.

“Mas todos vieram a Londres, incluindo o Príncipe Albert de Mônaco, o Príncipe Salman do Bahrain, Luca di Montezemolo, Stefano Domenicali, Piero Ferrari, David Coulthard, Max Mosley, Toto Wolff, Niki Lauda e muitas outras pessoas”.

“Foi uma espécie de tributo à carreira de Bernie, que não foi bem tratado pelos novos chefes da Fórmula 1. As pessoas esquecem facilmente o que este homem criou, foi um pouco triste, mas muito bonito”.