Mais Acessadas

CBV confirma Superliga em Belém, com paraense em quadra

Partida será entre Minas (MG), da paraense Naiane Rios, e Fluminense (RJ), pela oitava rodada da competição


Por: Redação ORM News Em 24 de janeiro, 2017 - 17h14 - Vôlei

Foto: Reprodução / Minas

Como já havia sido adiantado pela reportagem do Portal ORM News (Veja aqui!), Belém foi escolhida como a nova sede da partida entre Minas (MG) e Fluminense (RJ), no dia 23 de fevereiro, pela oitava rodada da Superliga Feminina de Vôlei. O local será a Arena Guilherme Paraense - o 'Mangueirinho' - e o confronto reservará o reencontro da levantadora paraense Naiane Rios, do time mineiro, com a cidade natal.

O oficialização da mudança aconteceu ainda na segunda-feira (23) através da nota oficial da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei). Nesta terça-feira, o Minas divulgou a mudança em seu site oficial, reforçando a presença de Naiane Rios, que admitiu a ansiedade por voltar à Cidade das Mangueiras:

'Não consigo imaginar como será a emoção. Fico pensando como vai ser quando eu entrar em quadra, olhar para a arquibancada e ver meus familiares e amigos. Vou ter que segurar muito e me concentrar para não chorar. Jogar em Belém, para mim, era uma coisa tão distante, mas, agora, é real. Estou muito feliz com esta ideia e orgulhosa em jogar na cidade', frisou.

Naiane é uma das principais promessas do voleibol brasileiro, com passagens e títulos conquistados pelas seleções brasileiras de base. Ela chegou a participar da lista prévia para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro,  no ano passado.

Para o presidente da Federação Paraense de Vôlei, Rui Castro, o fato de Belém receber o segundo jogo da Superliga em um período de menos de seis meses representa a quebra de uma barreira cultural e o fortalecimento da modalidade no Estado. 

'Foi bem complicado trazer esses jogos. Alguns clubes não aceitaram. Ficamos muito felizes por essas conquistas. No primeiro jogo em Belém, conseguimos o maior público da temporada 2016/2017 da competição e isso mostra o quanto tempos apaixonados pelo vôlei. Quem sabe um garoto que vá à arquibancada de um jogo desse porte não se interesse pela modalidade, invista e consiga jogar uma Superliga daqui a alguns anos...', projetou. O primeiro jogo da Superliga de vôlei em Belém foi entre Sesi e Brasil Kirin e teve a presença de 7.500 espectadores no 'Mangueirinho'. 

Castro foi ainda além e adiantou que existem conversações para que Belém tenha mais um jogo da Superliga feminina ainda este ano. 'Estamos torcendo para que dê tudo certo!', limitou-se a dizer.