Etiene Medeiros fatura o bicampeonato nos 50m costas

Felipe França e Felipe Lima lutam por pódio na noite de hoje nos 50m peito. Daiene Dias disputa a final nos 100m borboleta


Por: Lance!Net Em 11 de dezembro, 2016 - 15h46 - Esportes Aquáticos

Foto:Ari Ferreia/LANCE!Press

Na noite do último sábado, Etiene Medeiros conquistou a medalha de ouro dos 50m costas e sagrou-se bicampeã do Mundial de piscina curta. A pernambucana conseguiu o tempo de 25s82, superando a húngara que já conquistou oito medalhas em Windsor, Katinka Hosszu que marcou 25s99. A americana Alexandra Margaret De Loff, com 25s14, levou o bronze. 

'Antes sempre rola aquele friozinho, mas tem que se manter positivo. Não é fácil estar aqui e buscar mais uma medalha na minha carreira. Estou muito feliz e rodeada por pessoas. Esse ano eu aceitei muita coisa. Dor, felicidade. Virei muita página. Terminar o ano com essa medalha me deixa muito leve. Sei que o Brasil passa por muitas coisas difíceis', disse Etiene, em entrevista ao SporTV.

Em Doha-2014, a brasileira tornou a primeira brasileira a conquistar uma medalha em um mundial do esporte, seja em piscina curta ou olímpica. Etiene foi  flagrada em exame antidoping por uso de remédio para asma. Porém, acabou inocentada e disputou a Rio-2016. 

Neste domingo, o Brasil tem mais chances de subir ao pódio. O recordista mundial Felipe França busca o tricampeonato nos 50m peito com o quarto melhor tempo das semifinais, 26s10. Felipe Lima venceu a sua parcial com 26s08 e ficou em segundo no geral e também disputará a final. Daiene Dias se classificou para final dos 100m borboleta com o sexto melhor tempo, 57s10 e também briga por medalha.