Fora de casa, Camponesa/Minas vence o São Caetano

Com 21 pontos da ponteira Rosamaria, mineiras levaram a melhor sobre o time do ABC Paulista por 3 sets a 0, no Lauro Gomes


Por: Lance!Net Em 14 de janeiro, 2017 - 14h35 - Vôlei

Foto: Gaspar Nobrega/Inovafoto/CBV

O Camponesa/Minas (MG) conseguiu a segunda vitória consecutiva pela Superliga feminina. Na última sexta-feira, a equipe mineira superou o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) por 3 sets a 0 (25/15, 25/21 e 25/14), em 1h19 de jogo, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP). A partida foi válida pela segunda rodada do returno da competição. 

Na classificação geral após o fim da rodada, o Camponesa/Minas aparece na sexta colocação, com 21 pontos (oito vitórias e cinco derrotas). O São Cristóvão Saúde/São Caetano segue na 10ª colocação, com nove pontos (três resultados positivos e 10 negativos). O Rexona-Sesc está na liderança, com 37 pontos. 

A oposta Rosamaria se destacou e foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Com isso, a atacante ficou com o Troféu VivaVôlei. 

A jovem atacante, de 22 anos, comentou sobre a atuação das mineiras e da sua adaptação a posição de ponteira. 

'Comecei a temporada como oposta e, por opção do Paulinho (Paulo Coco), eu troquei de posição. Eu já joguei como ponteira em alguns jogos pela seleção de base, mas, em Superliga, é a minha primeira experiência e, graças a Deus, isso me trouxe muita bagagem. Acredito que cresci muito como atleta. O nosso grupo é bom e tenho muito que agradecer à Jaque e à Hooker, que me passam toda experiência delas. Este VivaVôlei é de todo o grupo. O nosso time cresceu e, ainda, temos que crescer muito para chegar à final, mas a gente sonha e trabalha muito para isso', disse Rosamaria.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima sexta-feira. O São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) buscará a reabilitação contra o Dentil/Praia Clube (MG), às 19h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG). Já o Camponesa/Minas duelará com o Pinheiros (SP), às 21h30, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG).

Outros jogos 

O Rexona-Sesc (RJ) segue na liderança isolada da Superliga. Na última sexta-feira, a equipe carioca superou o Renata Valinhos/Country (SP) por 3 sets a 0 (25/22, 25/13 e 25/19), em 1h29 de jogo, no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos. A levantadora Roberta teve atuação destacada e ficou com o Troféu VivaVôlei. A maior pontuadora do confronto foi a atacante Franciely, do time valinhense, com 21 acertos. 

Dentro do seu ginásio, o Pinheiros (SP) conseguiu um grande resultado nesta sexta-feira pela segunda rodada do returno da Superliga feminina 16/17. A equipe da capital paulista venceu o Vôlei Nestlé (SP), em um equilibrado duelo, por 3 sets a 2 (17/25, 25/23, 26/24, 14/25 e 21/19), em 2h30 de jogo, no Henrique Villaboin, em São Paulo (SP). A levantadora Ananda brilhou e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o time de Osasco teve a maior pontuadora do confronto, a atacante Tandara, com 20 acertos. 

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) foi até Santo André e conseguiu mais uma vitória. O time candango venceu o Sesi-SP por 3 sets a 1 (25/16, 25/18, 16/25 e 25/21), em 1h55 de jogo, na casa do adversário. A central Vivian foi eleita a melhor da partida e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante ainda foi a jogadora que mais marcou pontos no confronto, com 18 acertos. 

De virada, o Fluminense (RJ) venceu o Rio do Sul (SC) por 3 sets a 1 (22/25, 25/13, 25/15 e 25/22), em 2h03 de jogo, no Artenir Werner, em Rio do Sul. A ponteira Jú Costa foi eleita a melhor em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. A atacante Sassá também se destacou e foi a maior pontuadora do confronto, com 16 acertos.