Jadel Gregório cria projeto social para formar esportistas

Sem conseguir apoio no país, ele iniciou um projeto social em San Diego, nos Estados Unidos


Por: Extra Em 19 de março, 2017 - 13h00 - Atletismo

A passos largos, com foco e a vontade de vencer, Jadel Gregório fez história no atletismo brasileiro. Foi vice-campeão mundial no salto triplo e ainda permanece como recordista sul-americano — 17,90m, marca de 2007. Se uma das suas grandes frustrações foi não ter conseguido o índice para a Rio-2016, hoje ele trabalha para formar novos esportistas. Sem conseguir apoio no país, iniciou um projeto social em San Diego, nos Estados Unidos, onde vive há três anos.

Jadel se mudou em definitivo em dezembro do ano passado. Lá, iniciou uma parceria com escolas primárias, onde ajuda no desenvolvimento das crianças entre 5 e 13 anos dentro do esporte. No verão americano — inverno brasileiro —, o projeto será inserido em colégios secundários.

Foto: Eliária Andrade /

— Politicamente é muito difícil ter um projeto social do Brasil. Tudo é muito complicado. Foi mais fácil montar aqui. Projetos sociais dão possibilidades para descobrir talentos, eu sou a prova viva disso. Saí do nada, sem dinheiro nem para pegar uma condução, e cheguei a ser o melhor do mundo duas vezes — afirma: — Tentei em São Paulo, não conseguiu e resolvi fazer aqui. Está dando muito certo.

A intenção não é formar novos esportistas apenas de atletismo. O que é ensinado é o desenvolvimento para a prática de qualquer modalidade. Os filhos mais velhos do brasileiro, Jade, de 11 anos, e Sahara, de 10, são exemplo desse programa, já que ambos praticam e competem na natação.

— Na verdade, o atletismo é a base de todos os esportes. O que faço é ensiná-los a saltar, conhecer o corpo, aprender a correr e ter uma coordenação. Isso é levado para todos os esportes. Cada um vai desenvolver e conhecer o seu esporte, assim como aconteceu com os meus filhos, ambos nadadores — diz: — Uma das ideias é levar a molecada ao Brasil para aprender português, conhecer alguns lugares.