Mais Acessadas

Lewis Hamilton domina primeiro dia de treinos em Melbourne

Hamilton terminou meio segundo à frente do seu companheiro de equipe Valtteri Bottas


Por: Lance! Em 24 de março, 2017 - 08h08 - Velocidade

Lewis Hamilton manteve uma vantagem considerável sobre o resto do grid da Fórmula 1 durante a segunda sessão de treinos livres realizada nesta sexta-feira em Melbourne, na Austrália, chegando bem perto do recorde do circuito.

Hamilton terminou meio segundo à frente do seu companheiro de equipe Valtteri Bottas no primeiro treino livre, quando a dupla da Mercedes usou pneus ultramacios, com seus rivais nos supermacios.

No segundo treino, apesar de a maioria dos pilotos ter experimentado os ultramacios, Hamilton ainda conseguiu manter cinco décimos sobre seu rival mais próximo, tudo por conta da marca de 1:23.620.

O tempo do inglês foi apenas um décimo atrás do recorde registrado em treino classificatório pertencente a Sebastian Vettel com o tempo de 1:23.529 em 2011.

Vettel, que liderou no começo com os supermacios, desta vez terminou como o rival mais próximo de Vettel, 0.547s atrás, superando Bottas.

Kimi Raikkonen ficou com o quarto melhor tempo, depois de perder um dos seus jogos de pneus ultramacios por conta de uma saída de pista pela brita da Curva 1, sendo o último piloto dentro do mesmo segundo de Hamilton.

Todos os quatro pilotos abandonaram suas voltas rápidas no início dos seus ultramacios, atrapalhados por Felipe Massa saindo da pista, por conta de um problema mecânico, e causando bandeiras amarelas.

A Red Bull enfrentou uma sessão mais desafiadora, com o carro de Daniel Ricciardo em quinto, um segundo atrás do líder, e Max Verstappen saindo na Curva 12.

Verstappen ultrapassou as zebras e foi para a grama, danificando o seu carro. Com isso, o piloto holandês encerrou sua sessão mais cedo, sem ter tempo para andar com os ultramacios ou de fazer uma simulação de corrida.

Carlos Sainz Jr. e Daniil Kvyat progrediram para colocar a Toro Rosso no top 10, com Romain Grosjean, da Haas, e Nico Hulkenberg, da Renault, entre eles.

Um fato a ser notado é que a Haas removeu a “asa T” do topo da sua “barbatana” para o segundo treino, depois de as imagens mostrarem o dispositivo flexionando muito durante a primeira sessão de treinos livres.

Sergio Perez e Esteban Ocon foram 11º e 13º pela Force India, com Fernando Alonso, da McLaren, posicionando-se entre eles, depois de perder o início da sessão preso na garagem.

Massa, depois do seu problema, acabou ficando em 14º, à frente do piloto da Sauber, Marcus Ericsson, que acabou na brita da Curva 6 mais tarde, e do novato e companheiro de equipe Lance Stroll.

Stoffel Vandoorne terminou na 17ª posição, seis décimos atrás do seu companheiro Alonso, mas à frente de Pascal Wehrlein, da Sauber, recuperando a quilometragem perdida na primeira sessão.

Kevin Magnussen e Jolyon Palmer, anteriormente companheiros de equipe, tiveram problemas durante a sessão e terminaram no fim da tabela de tempos, tendo usado somente os pneus supermacios.

O dinamarquês da Haas foi avisado para diminuir e retornar aos boxes depois de uma grande travada de pneus na primeira curva, enquanto o britânico da Renault causou bandeiras vermelhas depois de bater na última curva.

O último treino livre será realizado na madrugada de sexta-feira para sábado a partir das 00h (horário de Brasília, GMT -3) e a F1Mania acompanhará tudo em TEMPO REAL.

Confira os tempos do segundo treino livre:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1:23.620 – 34 voltas
2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1:24.167 – 35
3) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1:24.176 – 34
4) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1:24.525 – 30
5) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1:24.650 – 27
6) Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1:25.013 – 8
7) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso), 1:25.084 – 34
8) Romain Grosjean (FRA/Haas), 1:25.436 – 29
9) Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1:25.478 – 36
10) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1:25.493 – 39
11) Sergio Pérez (MEX/Force India), 1:25.591 – 35
12) Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1:26.000 – 19
13) Esteban Ocon (FRA/Force India), 1:26.145 – 37
14) Felipe Massa (BRA/Williams), 1:26.331 – 6
15) Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1:26.498 – 29
16) Lance Stroll (CAN/Williams), 1:26.525 – 27
17) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren), 1:26.608 – 33
18) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber), 1:26.919 – 30
19) Kevin Magnussen (DIN/Haas), 1:27.279 – 8
20) Jolyon Palmer (ING/Renault), 1:27.549 – 4