Mãe de Weverton comemora e fala sobre ouro: 'Parece sonho'

Dona Josefa, mãe do goleiro campeão olímpico, imaginava - mas temia - decisão nos pênaltis. Ela revela conversa com Weverton antes da final


Por: Globoesporte.com Em 21 de agosto, 2016 - 12h25 - Olimpíadas

Foto: Reprodução (Instagram)

A mãe do goleiro Weverton, Josefa Pereira, comemora a "profecia" ao imaginar que a seleção brasileira conquistaria o ouro após seu filho defender um pênalti. Logo após a estreia, no empate sem gols com a África do Sul, no último dia 4, ela revelara o sonho de ver o jogador de 28 anos brilhar na final dos Jogos Olímpicos do Rio.

Dona Josefa, que estava no Maracanã na tarde de sábado, admitia um "medo", mas confiava no trabalho de Weverton caso a decisão contra a Alemanha fosse para os pênaltis. Justamente o que aconteceria após o empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação.

Na primeiras cobranças, todos os jogadores converteram, deixando o placar em 4 a 4. Na quinta, porém, Weverton defendeu, e Neymar converteu, para garantir o primeiro ouro da história do futebol brasileiro:

- Tudo parece um sonho. Eu esperava por este momento, mas é muito emocionante. Parece um sonho. Não consigo acreditar, é tudo maravilhoso. Um momento que não tenho nem palavras para explicar. Uma coisa maravilhosa. A gente profetizou, mas ficou com medo de a decisão ir para os pênaltis. Mas a gente sabia que o Weverton tinha trabalhado e que estava preparado - afirmou a mãe do goleiro em entrevista, por telefone, ao GloboEsporte.com.

Dona Josefa revela uma conversa que teve com Weverton após a derrota da seleção feminina para a Suécia na semana passada. Após 0 a 0 no tempo normal, as meninas seriam eliminadas com derrota por 4 a 3 na decisão por pênaltis. Na ocasião, Weverton garantia que estava preparado se o mesmo ocorresse com a seleção masculina:

- Sobre esta decisão nos pênaltis, foi muito estranho porque a gente fica torcendo e pedindo para Deus para isso não acontecer. Inclusive, quando assistimos aos jogos das meninas, falei para o Weverton: "nossa, se acontecer o mesmo com vocês, hein?". E ele falou: "estou preparado, mãe". Então, a gente fica feliz porque sabe que ele está trabalhando para isso, mas a gente fica orando e pedindo a Deus para que não chegue a este ponto. Mas, como chegou e aconteceu de uma maneira tão extraordinária e tão maravilhosa porque Deus é fiel, a gente só tem que agradecer a Deus. É saber que tudo vale a pena quando a gente trabalha muito.

A seleção brasileira conquistou o ouro levando apenas um gol - justamente na final. Antes, Weverton tinha passado em branco contra África do Sul, Iraque (0 a 0) e Dinamarca (4 a 0) na primeira fase, além de Colômbia (2 a 0) nas quartas e Honduras (6 a 0) nas semifinais.

- Estou muito feliz com este resultado, com a vitória de ontem (sábado), nem tenho palavras. Parece um sonho. Ainda ontem, falei para o Weverton: "a gente está vivendo tudo isso ou é um sonho?". E ele falou: "não sei se é realidade, mãe, eu também estou me perguntando se é um sonho". A gente se abraçou muito, ficou muito feliz e está muito feliz - concluiu a mãe do goleiro.