Mais Acessadas

Paraenses levam humor para milhões de internautas

Através das redes sociais já alcançam 64 milhões de acessos no mundo todo


Por: Redação ORMNews Em 14 de fevereiro, 2017 - 14h02 - Tecnologia

Foto: Lucas Sales

Estudantes de engenharia civil na UFPA, Maurício Ferreira e Yhonan Arnaud, de 21 e 25 anos, respectivamente, jamais imaginariam que o que começou com uma brincadeira, hoje mudaria suas vidas. Durante os primeiros anos de faculdade tiveram a ideia de criar uma página no Facebook voltada para seus colegas do curso de engenharia, com o intuito de se divertir e compartilhar histórias engraçadas da profissão. Assim nasceu a fanpage Engenheiro Sincero. Hoje, a página faz grande sucesso e seus conteúdos são compartilhados por pessoas do mundo todo.

Para conseguir alcançar um público maior, eles buscaram também parcerias com outras páginas famosas. “Recebemos muitos nãos de várias dessas páginas, mas não esperávamos muito. Nossas publicações tinham efeito viral pela internet e até mesmo essas páginas que recusavam nossas parcerias, copiavam nosso conteúdo sem o devido crédito. Além disso fazíamos campanhas com cartazes pelos corredores da Universidade, convocando a galera de engenharia a seguir a nossa fanpage.", conta Maurício Ferreira.

Com mais de 4 anos de existência, a fanpage foi fundada em outubro de 2012, mas segundo os estudantes, o crescimento real teve início no final de 2015. Segundo Maurício, quando montaram um plano de ação para barrar a estagnação da página, o alcance foi mais expressivo. “Montamos um plano de postagens e começamos a trabalhar mais. Em um ano saltamos de 140 mil seguidores para 800 mil, foi um crescimento absurdo.”, lembra.

No início, quando o foco era a produção de memes, a aceitação foi bem difícil, mas ao longo do tempo a página cresceu bastante, relatam os criadores. Hoje, a fanpage tem alcance mundial e já chegou a 64 milhões de acessos no mundo todo, o equivalente a 30% da população brasileira. Depois do Brasil, os países que mais acessam são Angola e Portugal, que compartilham o idioma em comum. O post de maior repercussão chegou a alcançar cerca de 20 milhões de pessoas.

"O desafio mesmo para gente tem sido responder as mensagens e interações dos seguidores. São muitas perguntas, elogios, pessoas querendo fazer parcerias, etc. São pessoas do mundo inteiro.”, revela Yhonan Arnaud. Para isso, eles contam com mais um reforço na equipe com a ajuda de Derek Monteiro, Felipe Vieira, Vitor Mesquita, Ruan Fellipe, que além de auxiliarem na administração da página, também são estudantes de engenharia.