Mais Acessadas

Preço dificulta as vendas de ovos de páscoa em Belém

Prateleiras ainda estão abarrotadas, a poucos dias da celebração católica


Por: O Liberal Em 12 de abril, 2017 - 07h07 - Belém

Ainda estão muito abaixo do esperado as vendas de ovos de páscoa, mesmo às vésperas da data. Ontem, supermercados da capital e vendedores autônomos de ovos de chocolate continuavam aguardando, com ansiedade, a chegada dos consumidores. De acordo com os lojistas, o volume de comercialização é muito baixo para o período e as prateleiras dos estabelecimentos comerciais permanecem abarrotadas de produtos dos mais diversos tipos e marcas. 

Receosos, os vendedores atribuem a fraca movimentação aos preços elevados dos ovos, que em 2017 estão, segundo apontaram, um pouco mais caros do que nos anos anteriores, o que tem afugentado os clientes. 

Foto:  Tarso Sarraf/O Liberal

A vendedora Gleyse Brito, de 30 anos, confirma que os preços nas alturas têm sido o motivo da baixa procura por ovos da páscoa este ano. “O movimento ainda está fraco, o que é até preocupante, já que estamos chegando na Páscoa propriamente dita. Está bem abaixo do que a gente esperava. Os supermercados ainda estão lotados de ovos. Eu acredito que o preço tem sido determinante para explicar este movimento tão pequeno. Os preços dos produtos de Páscoa aumentaram muito este ano. Temos de todos os preços, mas o mais barato já está na faixa dos 20 reais, por exemplo. O mais caro pode custar cerca de R$ 70. Isso assusta as pessoas, claro”, explicou. 

Apesar disso, ela espera que até domingo as vendas aumentem. “A nossa esperança é que até a chegada da Páscoa as pessoas venham comprar”, disse. Para o vendedor Glauber Lima, de 30 anos, a crise econômica tem feito o freguês reavaliar o consumo na Páscoa. “A nossa avaliação, das pessoas que estão trabalhando com vendas de ovos de páscoa, é que neste momento a movimentação ainda está abaixo do esperado para o período. Nesta semana, que é a última antes da Páscoa, já era para estar bem mais movimentado. O aumento dos preços dos ovos já era esperado, mas mesmo assim as pessoas ficam preocupadas em dar cerca de R$ 30 em um ovo de páscoa. Pesa no bolso, muito por conta da questão econômica. Está todo mundo sem dinheiro”, argumentou. 

Pai de uma criança pequena de 3 anos, o estudante de Psicologia Gledson Augusto, de 27 anos, disse que vai pesquisar bastante antes de comprar o ovo de páscoa do filho. “Está bem caro. Comprei este pequeno pra levar pra escolinha dele, que vai ter troca de ovos. Mas o dele mesmo terei que comparar muito pra não gastar em excesso”, avaliou. 

Nos principais supermercados, os ovos de páscoa estão custando, em média, cerca de R$ 30, dependendo do tamanho e da marca. É possível encontrar, ainda, ovos menores sendo vendidos por aproximadamente R$ 10 e itens mais sofisticados e maiores por até R$ 75.