Queixa-crime aponta fraude na Unimed

Policlínica - Contrato de alocação de prédio apresenta indícios de irregularidades


Em 19 de março, 2017 - 06h00 - Atualidades

Da Redação

Uma investigação interna da Unimed virou caso de polícia na Divisão de Investigação e Operações Especiais (Dioe). A reportagem de O LIBERAL teve acesso a uma queixa-crime protocolada na Dioe solicitando abertura de inquérito policial para verificar possíveis irregularidades em contratos da cooperativa de médicos com empresas e pessoas físicas. Um contrato de alocação do espaço onde funciona a Policlínica da Unimed, localizada na avenida Almirante Barroso, entre as travessas do Chaco e Humaitá, no bairro do Marco, pode ter indícios de fraudes. A cooperativa dos médicos fez um contrato com a empresa Medcare Comércio e Serviços Hospitalares Ltda., proprietária do prédio.

Para ler a matéria completa, assine O Liberal Digital!