Mais Acessadas

Remo está na final de campeonato de esportes eletrônicos

A final será realizada neste domingo, dia 4, às 13h, na Brasil Game Show (BGS), em São Paulo


Por: Vito Gemaque / O Liberal Em 03 de setembro, 2016 - 16h04 - Tecnologia

Foto: Divulgação

A delegação paraense do Remo Brave chegou a final do Brasil Game Cup (BGC), em São Paulo, um dos mais importantes campeonatos de esportes eletrônicos (e-Sports) do Brasil. A equipe compete no jogo Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) e venceu a semifinal na última sexta-feira, dia 2, contra a equipe da Team One, de Brasília. Na melhor de três rounds, passou por duas rodadas contra uma. Os jogadores de ambas as equipes enfrentaram diversos problemas durante a disputa. A partida que estava agendada para às 17h terminou depois de aproximadamente sete horas devido a vários problemas técnicos que interrompeu a partida por diversas vezes. O término do jogo ocorreu depois da meia-noite. A final será realizada neste domingo, dia 4, às 13h, na Brasil Game Show (BGS). O vencedor da BGC ganhará R$ 15 mil para casa, o segundo colocado R$ 5 mil.

Counter-Strike: Global Offensive é um jogo eletrônico de tiro multiplayer em primeira pessoa, no qual times de terroristas e contra-terroristas batalham entre si. Enquanto os terroristas precisam realizar atos como implantar bombas e manter reféns, cabe aos contra-terroristas desarmar bombas e libertar os reféns. O jogo é a última atualização da série Counter-Strike desenvolvida pela empresa Valve. Os torneios de e-Sports são disputados mundialmente em diversos jogos como Dota 2 (Defense of the Ancients) e League Of Legends (LoL). Uma das maiores ligas de CS:GO distribui R$ 12 milhões em premiação para as melhores equipes colocadas. Todos os jogos do torneio serão transmitidos ao vivo pelo site do evento no www.brasilgamecup.com.br.

Apesar dos problemas, que visivelmente atrapalharam os atletas, o time do Remo Brave venceu de maneira emocionante ao conquistar o primeiro mapa por 16 a 4, mas perdeu o segundo de virada, por 16 a 11. Quando o Remo, que dominava a segunda rodada, pelo placar de 10 a 4, a partida foi interrompida. Ao retornar, o time adversário de brasília Team One venceu seguidamente os duelos até vencer a partida. 

A Remo Brave formado por Bruno Martinelli, 18 anos, Rodrigo Martins, 23, Vinicius Godoy, 19, Fernando Sousa, 24, e Lucas Rodrigues Lucatelli, 22. No grupo cada um tem sua função e um 'codinome de jogo', Bruno é SHZ, Rodrigo é ‘NKZAJ’, Vinicius é chamado de ‘ZAM’, Fernando de ‘F11’, e Lucas é intitulado ‘DRTT’. O time que treina em São Paulo conhece a fama da torcida azulina de apoiar o clube em todas as situações e esportes. “A gente estava até comentando, seria muito legal se fizessem uma caravana da torcida do Remo para cá e torcessem para a gente”, imagina Lucas.

Os atletas da Remo Brave se dedicam o dia inteiro ao jogo visando a vitória em campeonatos. “Eu já me considero um profissional. Tranquei faculdade de engenharia mecatrônica para jogar. Hoje, a gente tem uma rotina de treino bem regrada, cada um faz um trabalho individual para chegar na hora do treino e fazer um jogo bom. Estou bem focado no jogo, se não estou estudando sobre jogo, revendo alguma coisa que precisamos melhorar”, conta Rodrigo ‘NKZAJ’ Martins.

FINAL

Na final que será transmitida ao vivo pela internet e pelo canal Esporte Interativo, o Remo irá enfrentar a CNB HyperX. As equipes já se enfrentaram na fase de grupos com vitória da CNB. O Remo Brave foi o segundo colocado no grupo A, atrás apenas da CNB HyperX, que venceu todas as partidas. Esta será a chance para revanche azulina.

PARCERIA

A parceria entre a empresa Brave, que criou a equipe, e o Clube do Remo começou em abril deste ano. Com 18 anos de mercado em disputas oficiais de esportes eletrônicos, a Brave vem se destacando. A equipe vem se destacando no necessário nacional com resultados cada vez melhores. Além de Counter Strike o time disputa ainda jogos profissionais League of Legendes, Smith e Crossfire.

Neste ano, a Remo Brave também conseguiu subir para a primeira divisão do League Of Legends (LOL) com uma campanha invicta, um resultado histórico que nunca tinha acontecido. “O Remo é a primeira equipe de futebol a ser representada na primeira divisão de LOL”, afirma Thiago. O Remo Brave está hoje no top três dos times brasileiros. “Os resultados estão mostrando isso em todos os jogos. Depois que o Clube do Remo chegou a sorte vem aumentando. E a torcida sempre se engajando, sempre apoiando. Isso que é importante para fomentar os esportes eletrônicos no Norte do país”, complementa Thiago.

*A reportagem aguarda resposta da assessoria de imprensa do evento sobre os motivos dos problemas técnicos.