Saint-Pierre pede mudanças em corte de peso no MMA

Ex-campeão do UFC alerta para prática agressiva realizada por muitos lutadores de MMA


Por: Lance!Net Em 14 de março, 2017 - 14h56 - Artes Marciais

Foto: Divulgação

O corte de peso sempre foi um assunto polêmico no mundo das lutas. No MMA, mortes já foram causadas pelo procedimento agressivo, que ano após ano passa por diversas avaliações. Até mudanças foram implantadas em organização como o UFC a respeito da prática. Mas nada disso é o suficiente para proteger o atleta na opinião de Georges Saint Pierre.

Segundo o ex-campeão dos meio-médios do UFC,  algo precisa mudar o quanto antes. Ele teme por mais mortes no esporte devido a prática que leva atletas a perderem excessivas quantidades de peso em poucos dias. 

'Não sou fã de corte de peso. Sempre priorizo a minha saúde. Acho que eles tem que mudar isso, pois um dia alguém vai morrer. Um dia alguém vai morrer e isso vai afetar todos nós. Isso é muito ruim para a saúde. Existe uma porcentagem correta de hidratação no seu corpo que é crítica. Você pode realmente morrer se você passar do ponto. Isso é muito perigoso', avaliou o canadense, em participação no programa UFC Unfiltered.

No Brasil, o caso mais famoso relacionado a complicações e problemas com o corte peso foi o de Leandro Feijão, que morreu no dia da pesagem do Shotoo Brasil 43 durante o processo de desidratação. O lutador tinha 26 anos.

Georges Saint Pierre volta ao octógono contra Michael Bisping, em disputa de título dos médios ainda sem data ou local definidos pela organização.